quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O meu filhote


Vou falar então um pouco sobre o que e passou com o meu pequeno. Actualmente tem 10 meses e continua com um Percentil acima dos 95% em todo o corpo, logo não está gordo mas sim grande. E então foi assim:

Na consulta de rotina dos 6 meses, a nossa Pediatra achou-lhe a cabeça maior do que o que devia, e por esse motivo pediu que fosse feita uma Ecografia para saber se estava tudo bem com ele. Avisou logo que os médicos iriam dizer que ela estaria a exagerar, uma vez que não era só a cabeça que estava acima da média, no entanto ela preferiu ficar de consciência tranquila.

Fomos fazer essa tal Ecografia, e o médico que a assistiu realmente disse que a Pediatra estaria a exagerar, mas viu qualquer coisa na cabeça que não conseguiu distinguir bem e por isso pediu que se fizesse um Raio-X.

Fomos fazer o Raio-X e não foi detectado nada, mas como ele ainda tinha a moleirinha aberta, a Pediatra do hospital (que não é a Pediatra do Guilherme) pediu que se fizesse um TAC para confirmar que "nuvem" tinha visto o médico na Ecografia.

Fomos fazer o TAC. Com os resultados fomos a uma consulta de um Neuro-Cirurgião, em que após ter visto o resultado, ficou alarmado pois viu que o Guilherme tinha um Quisto Aracnóideo na cabeça e que em princípio não podia ficar assim. Daí, pediu que fosse feita uma Ressonância Magnética.

Fomos fazer a RM e confirmou-se o Quisto. O Dr Neuro-Cirurgião rapidamente quis marcar uma cirurgia para retirar o Quisto pois era urgente. O Quisto ocupava metade da cabeça, o que empurrava o cérebro todo para um lado e estava a começar a entortar os nervos ópticos e auditivos. Caso não fosse retirado, o Guilherme podia entrar em Coma sem mais nem menos.

Obviamente que haviam vários tipos de cirurgias, escolhemos a mais recomendada. E quanto a 2ªs opiniões, todas as outras entidades com quem falámos recomendaram-nos que seguíssemos com confiança a opinião deste Neuro-Cirurgião. Quanto a esses pormenores, se quiserem saber mais alguma coisa, comentem ou mandem-me mail.

Nestas coisas todas, foi passando o tempo, mais precisamente 3 meses.

E no dia 22 de julho, lá foi o meu pequeno grande Bebé para uma sala de cirurgia para lhe abrirem a cabeça e retirarem o maldito Quisto.

Felizmente a cirurgia correu muito bem. Ao fim de 4 dias já tinhamos o nosso Bebé em casa, recuperou rapidamente e, neste momento se não fosse a cicatriz, ninguém diria que ele tivesse passado por tudo isto.

Com isto aproveito para agradecer a:

  • Dra Eneida Fernandes - A Pediatra do Guilherme que por ser picuinhas (felizmente), fez com que isto tudo se detectasse antes de alguma coisa acontecer.

  • Dr Luís Távora - O Neuro-Cirurgião Pediatra que fez a cirurgia ao Guilherme e que nos deixou sempre confiantes nunca falhando naquilo que previa.

  • Todos os outros Drs que viram o Guilherme desde a detecção da nossa Pediatra até ao Neuro-Cirurgião. Todos eles foram impecáveis e foram-nos reencaminhando para as entidades certas.

  • Todas as pessoas que nos encorajaram a seguir em frente e nos deram forças para aguentarmos o stress, em especial:
- Os meus pais Paulino e Lurdes;
- Os meus sogros Gilberto e Vitorina;
- O meu irmão Igor e a minha cunhada Anabela;
- A minha cunhada irmã da minha mulher Odete, o marido Toino e até a Sofia, a minha sobrinha;
- Os padrinhos do Guilherme, Miguel e Catarina;

Sem o apoio de todos vós, tinha sido muito mais difícil.

E pronto, se quiserem saber mais sobre o que se passou, mandem mail, comentem, façam como quiserem. Se se tornarem muitas perguntas, quem sabe se não crio outro post...


Fiquem bem.
Enviar um comentário